NOTÍCIAS
25/09/2012 - Greve dos bancários:apoio do SINDPD-DF
A greve nacional dos bancários, que nesta segunda-feira (24) entrou na segunda semana ainda mais forte, começou a surtir efeito. No começo da noite de ontem (23), a Fenaban enviou ofício à Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) chamando uma nova rodada de negociação com o Comando Nacional dos Bancários para esta terça-feira, às 16h, no Hotel Maksoud, em São Paulo.
 
Após a rodada com a Fenaban, haverá também negociações com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, no mesmo local, sobre a pauta de reivindicações específicas dos trabalhadores.
 
“Esperamos que os banqueiros apresentem uma proposta que possa ser avaliada pelas assembleias e encerre o movimento paredista. Para isso, é preciso que as reivindicações da categoria sejam contempladas. Os bancos públicos também precisam apresentar soluções para as pautas específicas. Da sua parte, os bancários devem manter a mobilização até que avaliemos as propostas”, orienta o diretor do Sindicato Eduardo Araújo, que integra o Comando Nacional.
 
No Distrito Federal, mesmo com o interdito proibitório do Banco do Brasil, a greve segue forte. Mais de 400 unidades, entre agências, PABs (postos de atendimento bancário) e outras dependências, permaneceram fechadas, o que representa adesão superior a 95%. Em todo o país, de acordo com a Contraf-CUT, 9.386 agências e centros administrativos foram fechados nesta segunda.
 
“Pedimos que os bancários continuem participando dos comitês de esclarecimento e ajudando a manter a greve forte. A paralisação é de todos, independentemente do banco, do cargo e da dependência”, frisa o presidente da CUT-DF e do Sindicato dos Bancários, Rodrigo Britto.
 
Avaliação
Em assembleia realizada ao final da tarde dessa segunda-feira (24), os bancários do DF decidiram continuar a greve e intensificar o movimento em todos os locais de trabalho. “É uma questão de honra para a categoria manter a greve forte. Se quisermos novas conquistas, precisamos nos unir neste momento”, observa a secretária-geral do Sindicato, Cida Sousa.
 
Nova assembleia
O Sindicato dos Bancários de Brasília convoca todos os bancários e bancárias para nova assembleia nesta terça-feira (25), às 17h, na Praça do Cebolão, Setor Bancário Sul (SBS), para analisar as propostas da Fenaban, do BB e da Caixa e avaliar e definir os rumos do movimento.
 
“As assembleias são importantíssimas para definirmos as estratégias do nosso movimento. A participação dos bancários em todas as atividades é essencial para o sucesso da greve”, destaca a diretora do Sindicato e da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) Fabiana Uehara.
 
O que os bancários querem 
 
Confira, abaixo, as principais reivindicações dos bancários:
 
? Reajuste salarial de 10,25%.
? Piso salarial de R$ 2.416,38.
? Jornada legal de 6 horas para todos.
? PLR maior.
? Mais contratações, proteção contra demissões imotivadas e fim da rotatividade.
? Fim das metas abusivas e combate ao assédio moral.
? Mais segurança.
? Igualdade de oportunidades.
 
Fonte: Sindicato dos Bancários de Brasília
Campanha Salarial 2019/2020
➡ SERPRO
➡ DATAPREV
➡ PARTICULARES
➡ UNISYS

Notícias
Eventos
FAQ - Perguntas Frequentes
Jornal DF DADOS
Boletim informativo
Regulamentação da profissão
Contribuição Sindical
Atualize os dados da sua empresa
Cadastre-se e receba nosso boletim

 

 



SINDPD-DF – Setor de Diversões Sul (SDS) – Ed. Venâncio V, Loja 04 – Asa Sul, Brasília – DF CEP 70.393-904 - Tel: (61) 3225-8089